22jan
2016
0

Cuidados com bebês e crianças durante as férias

Durante as férias escolares (e de verão), seja para quem vai viajar ou ficar em casa, alguns cuidados são essenciais para garantir o bem-estar do filhote, que terá os dias inteirinhos livres. Sim, porque o mês de diversão das crianças exige atenção redobrada dos pais! Claro que sabemos que precisamos ser cuidadosos o ano inteiro, porém é nessa época que os pequenos ficam mais expostos a acidentes domésticos (já que passam mais tempo em casa) e aos possíveis males provocados pelo calor excessivo e pelo descuido na alimentação.

1) Olhos abertos em casa

Olhos de mãe e de pai precisam ser “de águia” – afinal, basta um segundo de descuido para que o filhote se machuque. Mas não custa reforçar a recomendação, afinal, os hospitais costumam registrar um aumento de 25% de casos de acidentes domésticos durante as férias (de acordo com o Hospital Samaritano de São Paulo). Por isso, nada de remédios, cosméticos, objetos cortantes e produtos de limpeza ao alcance dos pequenos. Coloque também travas em gavetas e armários que contenham itens de risco e fixe os móveis pesados.

201015123626-15.10.2015

2) Cuidados de verão

Lembre-se de que o calor pode maltratar o pequeno, mesmo dentro de casa. Como criança pequena não pede água, o oferecimento dos pais é ainda mais importante. Roupas apropriadas, proteção solar e cautela na hidratação são algumas medidas importantes.

criança-feliz-verãi

3) Divirta-se onde estiver

Férias também são um ótimo período para a criançada aprender e algumas brincadeiras são ótimas formas de ensiná-las e exercitá-las. Tem aquelas ideais para o verão (com muita água e natureza, para fazer ao ar livre!), inclusive na piscina, outras para reunir os amigos e ainda aquelas para fazer dentro de casa. Criatividade é o que não pode faltar!

Kids_Playing

4) Faça uma viagem tranquila

Percorrer longas distâncias com bebês e crianças exige desde uma lista completa de acessórios (que não podem faltar e que devem estar sempre à mão, pois nunca sabemos exatamente do que precisaremos ou não durante o trajeto) até ideias criativas para distrair os pequenos, quando estiverem acordados e afoitos para chegar ao destino (e tem até aplicativo para ajudar nessa tarefa!). Isso além de conhecer a estrada e as paradas (para banheiro, trocador e para amamentar, se você preferir um local mais sossegado).

Como-arrumar-a-mala-para-crianças-para-lugares-frios

5) Sem brecha para a intoxicação

Durante viagens de férias, é comum comermos fora do hotel, em locais que não conhecemos bem. E essa experiência pode ser deliciosa, ou, infelizmente, acabar se tornando um pesadelo. Isso porque, especialmente durante as altas temporadas, as intoxicações alimentares são frequentes (as bactérias se proliferam com maior rapidez no calor, deteriorando os alimentos). E as crianças, com o organismo mais frágil, são ainda mais suscetíveis a essa contaminação (lembrando que a diarreia, em bebês e pequeninos, pode ser fatal, pelo risco de desidratação. Então não é frescura de mãe, é cuidado justificado!).

intoxicacao-alimentar

Fonte: Mil Dicas de Mãe

No Comments

Reply